Desafios para 2020

Desafios 2020

Pensar nos meus desafios para 2020 tem sido um verdadeiro desafio. No meio de tantas coisas que quero fazer torna-se difícil estabelecer prioridades. Começo pelos meus hábitos, pois sei que ‘somos o que fazemos repetidamente’. Termino com algumas reflexões sobre as minhas expectativas para o ano que começa. O novo ano é sempre um bom pretexto para reflectir e tomar decisões.


“We are what we repeatedly do. Excellence, then, is not an act, but a habit.” Will Durant

Os meus hábitos

Ao reler os meus objectivos para 2019 apercebi-me que não são muito diferentes dos meus desafios para 2020. No entanto, desta vez penso estar mais perto de alcançar os hábitos que pretendo, pois já estou a colocar muitos deles em prática. Não é apenas uma resolução de final de ano, mas sim um processo que tenho feito ao longo de vários anos.

Meditação + Yoga

Neste momento estou a experimentar levantar-me uma hora mais cedo para colocar em prática esta rotina. Levanto-me, como uma peça de fruta, faço uma sessão de yoga, medito e só depois tomo o pequeno almoço e volto à minha rotina matinal habitual.

Pensei que me ia custar mais, no entanto já percebi que estou no bom caminho. Ainda não o consigo fazer todos os dias, mas a verdade é que tenho conseguido fazer em média 4 a 5 vezes por semana – o que é muito bom para quem está a começar.

Já estava a fazer meditação regularmente com a ajuda do Headspace e estou há um mês a fazer as sessões do canal Yoga With Adriene que adoro. Vou continuar esta prática pois acredito que a meditação me deixa mais focada e que o yoga me faz activar o corpo para começar o dia cheia de energia.

Leitura

Como já mencionei nas minhas aprendizagens de 2019, estou a conseguir ler cada vez mais livros. Parece loucura, mas estou a ler cerca de 10 livros ao mesmo tempo. Desta forma tenho conseguido evoluir mais na minha leitura pois leio o que me apetece ler naquele momento e não, não me baralho com os temas.

Estou muito curiosa para ver os meus resultados em 2020 em relação à leitura. Para já conto com 6 livros terminados depois do verão e tenho mais 10 a meio. Se continuar assim, vou conseguir ler mais de um livro por mês.

Escrita

Também já referi aqui o quão importante e poderosa é a escrita para mim. O blog ajuda-me a manter a escrita em dia, mas não é um hábito nada fácil de criar. No ano que passou não escrevi praticamente nada, porque a vida vai acontecendo e deixamos muitas vezes coisas importantes por fazer em prol do que nos acontece no dia-a-dia. Este ano estou mais comprometida em dedicar-me a esta prática, pois é fundamental para o meu crescimento pessoal.

Crescimento Pessoal

O crescimento pessoal é um dos valores mais importantes para mim. Se não estou a crescer, sinto-me sem propósito, sinto que não estou a dar o melhor de mim. E quando penso no que quero SER em 2020 e na vida, percebo que tenho ainda tanto para percorrer. Acredito que para crescer é fundamental continuar a aprender coisas novas e a desafiar-me, é importante contribuir e inspirar as pessoas a serem a melhor versão delas próprias e sobretudo desenvolver e criar relações que proporcionem momentos de partilha. Para já tenho um conjunto de ideias que quero amadurecer e colocar em prática e deixo aqui um pouco sobre este tema para que crie mais clareza.

Aprender coisas novas e desafiar-me

Quanto mais aprendo, quanto mais me desafio, mais cresço. Aqui estão duas práticas que estão interligadas e que contribuem para o meu desenvolvimento pessoal – a Aprendizagem de coisas novas e o Desafio que implica aumentar a minha zona de conforto.

Em relação à aprendizagem tenho vários planos para o novo ano. Primeiro quero aprender mais sobre os hábitos que estou a adquirir, em particular sobre a meditação e o yoga. Quero perceber que mais vantagens me trazem estas rotinas e tornar-me cada vez melhor através da prática de cada uma delas. Quero aprender mais sobre técnicas de Coaching e de que forma posso contribuir para ajudar as pessoas. Também quero aprender mais sobre formas de pensar (mindset), sobre como ter sucesso, sobre felicidade, sobre liderança e inteligência emocional. Já adquiri vários livros sobre o assunto e estou a ler mais uns tantos sobre estes mesmos temas. Essencialmente quero conhecer mais de mim, para que possa perceber de que forma poderei contribuir em ajudar os outros.

Em relação aos desafios, estes são essenciais para aumentar a minha zona de conforto. Quanto mais me desafio, mais confiança tenho em mim e naquilo que sou capaz de fazer. Tenho uma lista gigante de desafios a que me quero propor e vou planear o meu ano de forma a ter sempre um desafio em curso.

Contribuir e inspirar as pessoas a serem a melhor versão delas próprias

Este é sem dúvida um dos meus objectivos mais ambiciosos. A razão pela qual eu partilho as minhas reflexões e aprendizagens neste blog é precisamente porque acredito que de alguma forma possa inspirar as pessoas a serem a melhor versão delas próprias. A minha contribuição é tudo aquilo que conseguir partilhar aqui.

Um dos meus desafios para 2020 será desenvolver e criar mais posts. Quero partilhar mais sobre o que leio, sobre o que aprendo, sobre o que faço para sair da minha zona de conforto, sobre o meu crescimento enquanto pessoa. Espero que de alguma forma possa contribuir para ajudar os outros no seu auto-conhecimento. Este processo de conhecimento interior tem sido uma grande viagem para mim e espero que possa servir de inspiração para quem quer viver uma vida de acordo com os seus valores.

Desenvolver e criar relações que proporcionem momentos de partilha

Tenho-me apercebido cada vez mais que gosto de conhecer pessoas e também de me dar a conhecer. Não tenho ainda bem claro como o irei fazer, mas quero que seja um dos meus objectivos para este ano.

É claro que acabo por conhecer pessoas naturalmente, mas quero criar mais oportunidades e ser mais propositada para que isso aconteça. Às vezes tenho oportunidade de conhecer alguém, mas por vergonha, timidez ou também por desconfiança, acabo por deixar passar o momento. Para além disso, gostava de conhecer pessoas fora do meu circulo de influência, pois desta forma haveria mais partilha e mais desafios.

Também quero conhecer melhor as pessoas que já conheço e criar mais momentos de partilha. Quero proporcionar mais oportunidades de convívio. Hoje em dia, gosto muito de passar tempo comigo mesma, mas também adoro estar com pessoas. Para isto vou explorar algumas possibilidades, talvez passe pelas caminhadas, pelas jantaradas, pela dança ou até pelos desafios que me vou propondo. É algo que definitivamente requer planeamento pois de outra forma ficará sempre para quando calhar.


Se algo é importante para mim, devo fazer tudo o que está ao meu alcance para garantir que isso aconteça. É sobre fazermos o que tem que ser feito para atingir os nossos objectivos. É sobre sermos a pessoa que queremos ser, para alcançar tudo o que quisermos.


E tu? Quais os teus desafios para o novo ano? Queres partilhar alguns comigo?

Partilha aqui as tuas experiências