Dizer SIM sabe melhor que dizer NÃO

Dizer sim é melhor do que dizer que não

Ultimamente tenho pensado muito sobre as coisas que gosto de fazer e que me fazem feliz. Isso tem-me feito reflectir sobre as vezes em que digo NÃO quando devia dizer SIM.

Lembro-me de uma vez, quando era miúda, de ter sido convidada pelas minhas amigas para ir ao cinema e dizer-lhes que não. Não sei exactamente que desculpa eu dei, mas recordo-me que a minha mãe me questionou porque é que eu não ia e porque é que preferia ficar em casa no meu quarto a ouvir música.

Lembro-me bem desta situação, talvez porque tenha sido a primeira vez em que pensei no sim e no não e nas razões de decidir por um caminho ou pelo outro. Naquela altura, não me importei muito com isso, mas olhando hoje para trás, se tivesse ido ao cinema com as minhas amigas, de certeza que teria muito mais boas recordações para juntar às minhas memórias.

Dizer NÃO

Ainda hoje luto contra este NÃO: o NÃO fazer coisas novas, o NÃO agarrar oportunidades, o NÃO aos desafios, enfim, o NÃO fazer, o NÃO agir, o NÃO viver. Se forem como eu, dizem NÃO e depois pensam melhor e começam a achar que até podiam ter dito que SIM, mas entretanto é tarde demais.

O meu NÃO mais frequente tem sido em relação ao sair à noite. NÃO me apetece ir à aula de salsa. NÃO me apetece sair de casa para ir dançar. Na realidade NÃO me apetece sair. Mas a verdade é que é pura preguiça e sempre que vou não me arrependo, muito pelo contrário. São estas coisas que me fazem sentir bem. São estas coisas que me fazem viver mais.

Para este NÃO (não me apetece sair de casa para dançar) tenho muito que agradecer ao meu namorado que não me deixa desistir e me leva a dizer SIM. Às vezes penso que nos completamos pois outras vezes é ele a dizer NÃO e sou eu a puxar pelo SIM.

A verdade é que dizer NÃO a novas oportunidades ou experiências e a situações que gostamos, não nos leva a lado nenhum, não aprendemos nada, não criamos nada, não vivemos nada.

Dizer SIM

Apesar de ser muito mais fácil para mim dizer NÃO a algo novo e desafiante e inventar uma desculpa qualquer, há que dizer SIM.

SIM às saídas à noite com os amigos. SIM aos passeios a pé sempre que faz sol. SIM aos almoços com amigos que já não vejo há imenso tempo. SIM a fazer coisas que não estou habituada a fazer. SIM a experimentar e aprender coisas novas. SIM aos desafios e às novas oportunidades. SIM à vida!

Penso que este SIM tem muito mais vantagens, apesar de muitas vezes me esquecer disso. Agora estou mais atenta e mais focada neste SIM e isso faz com que aproveite melhor os momentos que me são proporcionados. Desta forma, tenho tentado pôr em prática esta “filosofia” para não perder nada desta vida.

E tu? Dizes mais NÃO ou dizes mais SIM?

2 comentários em “Dizer SIM sabe melhor que dizer NÃO

  1. Pessoalmente, desde há algum tempo atrás, nomeadamente depois de determinados acontecimentos, sei quando tenho de dizer sim ou não. Na minha opinião, com o passar dos anos, amadurecemos mais e sabemos aquilo que gostamos e não gostamos e aprendemos a dizer no momento certo sim ou não!

    • SusanaG comentou:

      Obrigada pelo teu comentário. Também concordo que vamos amadurecendo e os nossos gostos vão-se clarificando cada vez mais. No entanto, quando se trata de algo novo ou inesperado, muitas vezes subestimamos o que podemos vir a gostar.

Partilha aqui as tuas experiências